Últimos conteúdos

Máquina de cartão ou Link de cobrança?

0
0 Shares

Se você está iniciando seu negócio ou se ele começou a crescer, já deve ter percebido que precisa oferecer variadas formas de pagamento para seus clientes. Alguns deles querem o meio físico e não abrem mão da máquina de cartão de crédito. Outros preferem que você envie um boleto de cobrança para que se organizem melhor.

Dentro desse contexto cabe a você empreendedor possibilitar uma maneira segura e integrada que atenda o seu cliente, com custo baixo para o seu negócio e, de quebra, que demande pouco ou nenhum esforço para você, através de automação. Então, está preparado para conhecer as opções que possibilitarão processar seus recebimentos e facilitar a vida do seu cliente?

Entre as novas opções que vão além das máquinas e do boleto tradicional, surgem algumas inovações tecnológicas que levam praticidade, segurança e integração para os seus recebimentos.

Com o Link de Pagamentos é possível que as empresas enviem para os seus clientes, de maneira rápida e segura, a devida cobrança via boleto bancário, cartão de crédito ou PIX. De forma rápida e simplificada, a empresa cadastra o seu cliente, negocia o valor a ser cobrado e define qual será a forma de pagamento (Boleto, Cartão ou PIX). Feito isso, é enviado automaticamente por e-mail para o cliente cadastrado um link para pagamento, que também pode ser compartilhado através do Whatsapp ou SMS.

Vantagens de um sistema de link de pagamento:

  • Possibilidade de cobrar e receber online dos clientes sem precisar de maquininha ou ter um site;
  • Criar e enviar uma cobrança de maneira rápida e segura;
  • Oferecer diferentes formas de recebimento: boleto, cartão de crédito e PIX
  • Simplicidade e baixo custo operacional.

Aproveite e conheça outras funcionalidades para o seu negócio com o Person Cloud. Em termos de integração para o financeiro, contábil e gestão de contas PJ, com certeza é uma excelente opção.

A praticidade das máquinas de cartão de crédito

Desde alguns anos o mercado de adquirência se ampliou, vencendo o duopólio que existia no Brasil, abrindo opções para novos entrantes e dando opções para os empreendedores e clientes.

Com tantas alternativas no mercado, além de taxas, custos para adquirir o equipamento e bandeiras aceitas, vale conhecer os vários tipos existentes para definir o que melhor atende ao seu negócio.

Taxas e custos – hora de pensar no seu bolso

Como empreendedor, experiente ou não, você sabe que esse é um ponto primordial na escolha de um serviço.

Um ótimo critério é estar atento aos fornecedores que cobram menores taxas para as transações que você mais realiza. Por exemplo, restaurantes e mercados têm maior volume de compras no débito ou crédito à vista. Já as lojas de roupas, normalmente, têm grande demanda por crédito parcelado.

Assim,  escolha uma  empresa que ofereça taxas competitivas na modalidade mais utilizada no seu negócio.

Comprar ou alugar a máquina de cartão?

Esta é uma dúvida muito comum na hora de contratar um aparelho. Há máquinas, no mercado, de vários preços. A vantagem da compra é ter a garantia de fábrica por um determinado período. Mas, se apresentar alguma falha após esse prazo, será necessário substituí-lo.

No caso do aluguel, é paga uma quantia mensal à empresa de meios de pagamento. Normalmente, é uma opção mais cara do que a aquisição da máquina.

Bandeiras aceitas, mais uma questão

As bandeiras de cartão são empresas que intermediam a transação entre o cartão de crédito e débito do cliente e a máquina de passar cartão (adquirente). Mastercard, Visa, Elo, Diners , American Express e Hipercard são exemplos de bandeiras bastante conhecidas e utilizadas.

Além das bandeiras comuns a transações de débito ou crédito, se o seu negócio trabalha com alimentação, é importante verificar se a máquina que você vai escolher aceita vouchers – refeição, com Ticket e Sodexo, por exemplo.

Dinheiro na conta

Outro ponto muito importante que você deve considerar é o prazo de repasse das vendas para sua conta bancária. Em geral, o valor das vendas no débito é transferido em 1 ou 2 dias úteis. Já as vendas no crédito costumam ter prazos a partir de 30 dias corridos.

Uma possibilidade para reduzir esse período de espera é pagar uma taxa pela antecipação. É como se fosse um empréstimo por contas a receber.  Entretanto, isso só é recomendado se você precisa muito do capital de giro. As taxas por antecipação costumam ser bem salgadas.

Algumas empresas, como PagSeguro e Mercado Pago, depositam o dinheiro em uma conta de pagamentos própria. Assim, caso você precise movimentar os recebimentos em outra conta bancária, será preciso fazer transferência.

Se você ainda nem abriu sua conta pessoa jurídica, confira nossas dicas sobre contas bancárias digitais – quem sabe uma delas já não conversa com a sua futura máquina de cartão?

Há, também, máquinas de cartão que oferecem descontos nas condições comerciais caso o banco de recebimento seja parceiro, como SafraPay com Banco Safra e Getnet com Santander.  Mais um detalhe para ficar atento!

Neste texto, você obteve as principais informações para lhe ajudar no processo de escolha entre um link de pagamento ou máquina de cartão.

Se você ainda tem dúvidas, peça ajuda ao seu contador. Na Person Cloud, nós estamos com você em todas as situações, desde a criação de sua empresa e durante as decisões importantes para o crescimento do seu negócio. Conte com a gente!

0 Shares
Blog PersonCloud

Ambiente Nacional da NF-e tem parada programada a partir desta sexta

Conteúdo anterior

Como vender mais no dia dos namorados?

Próximo conteúdo

Você pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.